terça-feira, 30 de março de 2010

bom fim de semana...

até breve...

segunda-feira, 29 de março de 2010

que...













"Que pegações, agarrações
apertos nervosos e contracções!
Que travadas a seco, numa enfiada sem prelúdios e sem avisos!
De uma só vez, desde a entrada até o fundo
Te deixar arfando, ofegando e praguejando
Olhos brilhando, lacrimejando vidrados, virados, sedados
Pêlos nos pêlos, boca na boca
boca no pêlo e pelo na boca
Empurra, bate, enfia, torce, vira ( e soca)
Carinho delicadeza respeito mas
brutalidade dominação
Segundos, minutos uma eternidade!
Acabada a briga, eu a te encher, encher, (inundar) e ( saciar)
e você a se soltar, soltar, receber, ( relaxar) e (gozar) desfalecer
Te observar, admirar, olhar olhar olhar e olhar
e depois olhar e olhar
Magnífico te foder!
Mas o melhor vem da tua boca a me envolver, sorver, mamar, beber e escorrer
Como no oásis, o perdido errante deparar
E a mais maravilhosa das miragens se materializar
Éden profano
Paraíso."

Dimitri

sábado, 27 de março de 2010

O Amor














"Ai como é bom o amor!!
Ouvir o amor, sentir o amor e fazer o amor!
Como é bom sentir o seu corpo no meu, sua língua na minha
Sua língua no meu, seu corpo na minha.
Parece confuso...
Mas assim é o amor!
Como é bom sentir nossos corpos tornando-se um só
Nossas respirações ofegantes
Seu corpo delirante
Tudo como se fosse um nó!

Um nó de amor, um nó de paixão
Um nó de desejo, um nó de tesão
Loucura, amor, vontade
Te quero, me quer
Sexo
Saudades
Sim
Amor Para sempre, Amor!"

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sonhei com você














"Esta noite eu tive um sonho, sonhei com você nos meus braços e entre beijos e abraços nossos corpos se tornavam cada vez mais escravo um do outro. Seus seios rígidos roçando sobre mim me deixavam louco. Naquele momento minha boca mordiscava o mamilo dos teus seios, minhas mãos aproveitavam cada parte do teu corpo, você respirava lentamente e pedia para eu penetrar meu sexo na sua vagina humedecida de tanto tesão. Nosso fogo era tanto que o suor corria dando a impressão que estávamos numa sauna a cento e trinta graus. Logo senti você em cima de mim, no movimento do teu corpo fazendo sexo comigo eu ia ao delírio. Sentia que estávamos chegando no clímax do prazer carnal e que o orgasmo era questão de segundos. Você me beijava e ao mesmo tempo acelerava o movimento do corpo sobre mim. De repente você começou a gemer de tanto prazer, pude sentir no auge do orgasmo sua vagina apertando meu sexo. Ali abraçados esperamos alguns minutos para o corpo recuperar a energia. Um barulho qualquer me acordou naquele instante. Suado e com a roupa molhada pela ejaculação percebi que foi apenas um sonho. Um sonho que me fez gozar de tanto prazer."



Ocrides Veiga


quinta-feira, 25 de março de 2010

A delícia do teu corpo



"Agora eu sei porque tanto busco o teu corpo
Agora entendo porque o meu corpo grita e anseia tanto pelo teu corpo.
É que o teu corpo tem o cheiro do desejo,
O gosto do pecado que vicia,
A malícia que desperta a sexualidade adormecida
O fogo da paixão ardente
O prazer que só ele me propicia.

Agora sei que não mais vivo sem o teu corpo,
Assim como sei que o colibri não vive sem o néctar da flor
Depois que senti do teu gosto
Não consigo me desprender desse torpor.

Teu corpo tem o frescor das manhãs,
O calor dos vulcões,
A inocência de uma criança,
O gosto irresistível das maçãs."

 

Tony Fraga

CORPO E CORPO


"No corpo a corpo
Nossos suores se misturam
E as mãos se entrelaçam
Como sendo polvos no cio.
Sinto nesses toques, ora suaves
E ora desatinados
Um desejo louco de você.
E nesse vai e vem
De paixão e amor
Sinto que sou seu homem!
E quando os lençóis amarrotados
Caem aos pés da cama,
Já nem sei se sou eu ou você
Pois dois corpos nus
Viram esculturas modernas.
O que vejo nessa hora
São mãos e pés entrelaçados
E um côncavo virando convexo.
E desse êxtase louco
Ouço um falar baixinho
Aos meus ouvidos

Eu amo você."

quarta-feira, 24 de março de 2010

Seu jeito




"Esse seu jeito...
de ser,
erótico, sensual, exótico.
Me corrompe, me maltrata, me sufoca.
Me atrai, me mata afinal.
Esse seu corpo sensual... sua pele lisa, cheirosa, gostosa, exposta ao sol de verão.
Me derruba, me rola ao chão.
Seus cabelos revoltos ao vento, me fascina.
Caminho à passos lentos e vejo os seus lábios vermelhos e entreabertos me pedindo um beijo
O tempo é pouco para tanto desejo.
E eu penso muito...
As suas pernas maravilhosas, corpo que me enfeitiça, olhos que me enlouquece.
A vontade é de me jogar em seus braços macios e quentes
O tempo há de durar e o meu pensamento irá ser curto.
Aí então, beijarei sua boca, cairei em seus braços.
E deixarei você penetrar bem dentro de mim.
Pois estou louca para te sentir bem no fundo do meu ser.
E minhas unhas arranharão seu corpo e entre soluços e gozos, você será meu... inteiramente meu!

Amor... entregue-se."

Fred Costa

viajo...

"Viajo até o ponto mais arrepiante da tua nuca
Percebo o endurecimento do seu corpo
Teus seios
Teus braços
Tua boca
Arrepios
Calafrios
Minha mão decorando teus poros
A ponto de contá-los
Um a um
Conheço o gosto de cada centímetro
Beijos
Cheiros
Misturas
Sinto tremores
Amores
Fisgadas
Calafrios
Minha mão decorando teus pelos
Conheço-os um a um
Cobertura delicada
Da meiga e rija vulva
Que sabe dizer o meu nome
Que me beija
Já não sei onde fica a sua boca
Língua
Mistura
Carnes em estado de fusão
Corpos em estado de tesão
Gozo
Gritos
Beijos
Mentiras
Promessas falsas
Traição"

Silvio H Lencioni Senne

sexta-feira, 19 de março de 2010

deixa-me...













"Deixa-me...
Deixa-me sentir teu cheiro,
Provar teu gosto,
Tocar teu corpo.
Deixa-me beijar tua pele,
Acariciar teu peito,
Te preparar para o amor.
Deixa-me sentir o sabor de tua boca,
Sentir tua língua na minha,
Sentir teu abraço, teu desejo.
Deixa-me sentir teu sexo,
Tocar tua pele, passear por teu corpo.
Deixa-nos queimar com nossa paixão!
Deixa-me delirar de tesão,
Descobrir com minhas carícias os teus segredos.
Te fazer único e saciado!"

quarta-feira, 17 de março de 2010

queria...

"Queria ter você aqui, linda em sua nudez
Magnífica na entrega e sublime no seu amor
Queria você usando sua boca com paixão!
Bebendo até a última gota
extraindo a paixão urgente, ansiosa
do primeiro gozo! Queria você continuando a m chupar
sentindo "ele" crescendo novamente em sua boca e
somente então nos dedicarmos a um amor mais lento, suave no início
aproveitando todas as possibilidades
Te ver gozando uma, duas, três vezes, antes da minha segunda
Queria lamber o teu corpo com meu chicote
Ver as marcas do meu amor por você, estampadas na tua pele
Os gemidos de amor à cada toque
Tocar você e te sentir encharcada com teus líquidos e saboreá-los em meus dedos
Deitar você carinhosamente, abrir suas pernas e retribuir o doce carinho
Ver você perder o controle do seu corpo e sentir em minha língua
em minha boca o teu gozo líquido... você se derretendo em mim
Então olhar dentro dos seus olhos e ver a mais linda declaração de amor, que só quem ama é capaz de fazer: "Sou Tua! Faça de mim o que quiser!"


Nandaevc