segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

deixas-me assim...

"Você me deixa assim... húmida, arrepiada, querendo você SENTINDO SEU desejo. Sinto sua boca em meus seios, a roçar deslizar me enlouquecendo E devaneio... Sentindo sua língua em fogo provocando meu gozo. Desce pelo meu corpo, desliza em meus pêlos, passeia por entremeios, escorrega em minhas nádegas e me descobre mulher. Encontra meu sexo húmido sentindo meu cheiro de fêmea que húmida, busca e acolhe tua entrada sem pensar em mais nada..."

Nenhum comentário: