segunda-feira, 17 de agosto de 2009

"Ou morro morrendo de amor"

"Te Quero Agora
Aguardo ansiosa pela noite que chega, te quero agora mas você está longe.
Penso...sinto sua carícia em minha pele, sua boca em meu seio, seu cheiro em mim...
Nossa queimando por dentro!
Te quero agora mas você está longe.
Onde sua mão me toca, ARDE, onde sua boca me beija, QUEIMA, onde sua língua brinca, LATEJA, te quero agora mas você está longe.
Chegue logo!
Ou morro ardendo de amor."

Deborah Aparecida leite Peretto

Nenhum comentário: