sexta-feira, 17 de abril de 2009












sinto-me inquieto...
afastado...
mas não longe!
preciso de tudo...
preciso de ti!
preciso de me dar...
preciso de ser teu!
eu não sonho...
eu navego...
porque sinto teu sal...

em mim!

segunda-feira, 13 de abril de 2009

VENHA
Assim espero que tu venhas,
trazendo contigo a saudade
me amando de verdade
misturando nossas carnes
tendo no corpo a felicidade.
Sinta minha espera aflita
deite em minha cama tua fantasia
e me toma sem pensar nos amores perdidos
desta vida.
Venha
Me sinto sufocada!
Deslize teu desejo no meu corpo
tuas mãos que são o meu conforto,
viagem de prazer nos caminhos
que nos deixam loucos.
MÁRCIA ROCHA