domingo, 1 de março de 2009


Unida ao meu corpo, a tua boca, tua língua...

Me tocando, mordendo, lambendo... humedecendo

Entre sussurros, gemidos...

Desce, sobe, entra, sai... percorre

Excita, provoca...me faz querer

Chama que incendeia...

Estremeço só em pensar

Nessa tua boca a me comer

Desse jeito só teu que me faz enlouquecer

Os devaneios da tua boca insana que me faz implorar...

Nenhum comentário: