sexta-feira, 6 de março de 2009

APETITE VORAZ
.
Cravo feito punhal,meus olhos
no teu membro viril e pulsante
avolumado sob o jeans
jà gasto e desbotado
.
Salivo.Meu paladar aguçado
se serve do gosto imaginado
e desejado na ponta da lìngua...
que sente o pulsar acelerado
da glande que escorre teu caldo
.
Vejo-te descontrolado ao sentir-me dentro
Do teu corpo suado,invadindo teus sentidos
Teu volume aumenta e me faz mais ainda
sedenta,faminta do teu corpo em mim
.
Nua me entrego...aponto para ti os picos
eriçados e entumecidos,àvidos pelos
teus làbios sedentos e teu apetite voraz
de bicho que ataca e devora a sua presa.
.
Sou tua caça...teu alimento sobre a mesa
Abro-te o caminho das pedras...entrepernas
adentra!enfia tua verocidade nas tenras carnes
enfia-se e socando atè o fundo do meu recinto.
Feito fêmea selvagem,entre gemidos,urros e gritos
.
agarro-me ao teu corpo em pêlo...cavalgo-te
na ânsia louca de vê-lo descontrolado e perdido
presa da minha insanidade,sem pena devoro-te.
Devorados,mutuamente,sangramos nossos desejos
e celebramos num longo beijo:
.
o gozo
o pecado
e o prazer!
Atè o pròximo ansejo!
Luna Echant




















































LOBA DOMADA

Sou uma loba domada
Não aceito ser inferior
Não pretendo ser lider
Não sou autoritària
Mas,não sou submissa
Sou sincera
E quando sinto teu cheiro
Vou à caça
Te procuro em toda parte
Sou matreira nessa arte
E quando te acho
Com sede de amor
Me abrigo
Me entrego
Me submeto à você
A momentos de puro encantamento
De prazer inebriante
Corpos sedentos
Que se sustentam de beijos uivantes
De desejos incontrolàveis
Palavras loucas são murmuradas
E eu que sou uma loba
Sedenta do teu amor
Me transformo numa loba domada!
Violeta noturna











domingo, 1 de março de 2009


"Ser macho,
ser fêmea
Costela,
complemento...
Completar,
alma gêmea...
de um se fez dois...
necessidade de tornar se um
Ha que ligar..
Atar...
Completar...
Em desejo possuída...
possuído...
se joga,
se rasga,
se estraga,
contra os móveis,
sobre as plantas,
escadas,
pias,
banheiras,
entre muros,
se vê fera,
se faz cadela,
se sente puta
desejada,
querida,
comida,
amada,
rasgada,
molhada,
gozada,
morta...
viva...
presente,
ausente...
e morde o presente
e sua serpente,
ferida de gozo em seu desvario
no mais intimo desejo
recanto do seu bem-querer,
no seu coração cigano
perplexo e ávido
que ela desfibra devagar.
Amando...
Vivendo...
Gozando..."
a.d.
Recebi um meme da Ali com piada....
Uma forma de nos conhecermos melhor?
Porque não?

Aqui vão as regras:
-Você diz 9 coisas aleatórias a seu respeito, não importando a relevância.
-Sendo 6 verdades e 3 mentiras.
-Quem receber o meme, deverá postar nas suas respostas as 3 mentiras do blogueiro.
-Quem indicou revela depois (ou não)!!!
-Não tem regras especificas para quantidade de blogueiros.

Eis o que me lembrei dizer de mim:

1. adoro cozido à portuguesa
2. detesto sopa
3. nunca provei o meu gozo
4. adoro praia
5. detesto deitar-me cedo
6. nunca fui ao Brasil
7. adoro musica
8. detesto falar alto
9. adoro marijuana

para mim as três mentiras da Ali são:
- ser viciada em animais e querer ser biologa ou veterinaria;
- adorar ouvir Velhas Virgens;
- ser espirita.

repasso este meme para:

Curiosa
maliziosachanel
Maria Lasciva
Espirito da Lua
Puta Desgraciada
intimidades
A Silenciosa
Fran
soloputa
Hellena
de mulher para mulher
A Lobba!
Menina Exibida
Lya

espero que ainda não tenham respondido já a este meme...
hasta siempre!!!!!!!!!!!

Unida ao meu corpo, a tua boca, tua língua...

Me tocando, mordendo, lambendo... humedecendo

Entre sussurros, gemidos...

Desce, sobe, entra, sai... percorre

Excita, provoca...me faz querer

Chama que incendeia...

Estremeço só em pensar

Nessa tua boca a me comer

Desse jeito só teu que me faz enlouquecer

Os devaneios da tua boca insana que me faz implorar...

Unida ao meu corpo, a tua boca, tua língua...

Me tocando, mordendo, lambendo... humedecendo

Entre sussurros, gemidos...

Desce, sobe, entra, sai... percorre

Excita, provoca...me faz querer

Chama que incendeia...

Estremeço só em pensar

Nessa tua boca a me comer

Desse jeito só teu que me faz enlouquecer

Os devaneios da tua boca insana que me faz implorar...



Estou com sede de ti,
algo de boca seca,
de calor,
de banho,
língua,
cio.
Vou matar esta sede em tua saliva,
em teu corpo,
em tudo de ti
Ver o brilho total de nós,
saciar desejos,
sair de meu linear estado,
estar em ti,
contorcido,
estendido,
encaixado,
teu...
Ter-te dentro de mim,
sede, água e gozo.



Estou com sede de ti,
algo de boca seca,
de calor,
de banho,
língua,
cio.
Vou matar esta sede em tua saliva,
em teu corpo,
em tudo de ti
Ver o brilho total de nós,
saciar desejos,
sair de meu linear estado,
estar em ti,
contorcido,
estendido,
encaixado,
teu...
Ter-te dentro de mim,
sede, água e gozo.

Teu corpo no meu se acomoda,

Um sonho!

Num balanço gostoso e frenético,

Nosso amor toma forma.

Sinto o cheiro,

Que dos nossos corpos exala.

Perco a fala.

Sussurro em teu ouvido,

Enlouqueço-te com meus gemidos.

Corpo contorcido,

De amor entorpecido,

Prazer e sedução,

Amor sem explicação!

Teu corpo no meu se acomoda,

Um sonho!

Num balanço gostoso e frenético,

Nosso amor toma forma.

Sinto o cheiro,

Que dos nossos corpos exala.

Perco a fala.

Sussurro em teu ouvido,

Enlouqueço-te com meus gemidos.

Corpo contorcido,

De amor entorpecido,

Prazer e sedução,

Amor sem explicação!