terça-feira, 9 de dezembro de 2008

MÃOS QUE BUSCAM
Minhas mãos atrevidas te procuram.
No escuro tocam teu corpo
reconhecem cada curva e espaço.
Minhas mãos atrevidas te usam
te desnudam e te abusam...
e dos teus, assimilam cada traço.
Minhas mãos atrevidas se deleitam
deslizam em teu peito e se perdem
entre prazeres de amor e ternura.
Minhas mãos atrevidas...
audaciosasbuscam teus lábios grossos
e os trazem aos meus e os mordo levemente
e os beijo sequiosamente
levando meu corpo pra bem juntinho do teu.
Claudete Silveira

4 comentários:

A Lobba! disse...

Esse blog é uma necessidade constante do meu eu...aqui eu tenho boa literatura e um tesão infinito...tudo que eu preciso pra sobreviver...lambidas e mais lambidas...
lobba

On The Rocks disse...

excitante!

retornarei.

meu blog de poemas:

www.lavergadelbuenas.blogspot.com

até mais.

Samarah... disse...

Uau...... Amei....
Sou tua seguidora... me visite

intimidades disse...

fiquei com vontade de maos

Jokas
Paula