segunda-feira, 8 de dezembro de 2008


COISA AMAR
Manuel Alegre


"Contar-te longamente as perigosas
coisas do mar. Contar-te o amor ardente
e as ilhas que só há no verbo amar.
Contar-te longamente longamente.


Amor ardente. Amor ardente. E mar.
Contar-te longamente as misteriosas
maravilhas do verbo navegar.
E mar. Amar: as coisas perigosas.


Contar-te longamente que já foi
num tempo doce coisa amar. E mar.
Contar-te logamente como doi


desembarcar nas ilhas misteriosas.
Contar-te o mar ardente e o verbo amar.
E longamente as coisas perigosas."

4 comentários:

loba selvagem disse...

Hummm!delícia de tesão!
desejos intensos!
Beijos

intimidades disse...

intensamente sexy

Jokas

Paula

Fran Melo disse...

Lindo!com imagem
deliciosa...te beijo amor.

Deliciosa disse...

...Delicia de imagem...delicia de pensamento...amar e desaguar em gozo...