terça-feira, 11 de novembro de 2008


MADRUGADA, Giovanna Santos

"Era madrugada,
quando ainda dormia...
Era madrugada,
quando sonhei com você...
Era madrugada,
quando acordei nos teus braços,
Era madrugada
quando senti o calor do teu corpo...
Era madrugada,
quando parecia que o dia não ia chegar.
Era madrugada,
quando conheci mais uma página da Vida.
Era madrugada,
quando descobri que a Vida
é boa de viver,
enquanto existir você."
viva o tesão...sempre

Um comentário:

Fran Melo disse...

Olá!boa noite...
vim aquí apreciar
teu blog maravilhoso!
fiquei extasiada
com tanta delícia!
Obrigada por está
comigo...amo-te!
Beijinhos doce