terça-feira, 21 de outubro de 2008


"O estilo e a candura de Stuart torna o voyeurismo como você iria querer que este fosse sempre. Você poderia sair deixar este livro sobre a sua mesa, mas provavelmente não iria ter qualquer trabalho feito."

PLAYBOY, Nova York


Mais uma edição da TASHEN, editora que já nos habituou a livros
que para além de serem lidos e saboreados visualmente
se tornaram objectos de culto, nesta sociedade tão cinzenta e claustrofóbica.
Vale a pena dar uma olhada e comprar, porque até não são caros.
e vivam com tesão!!!

Nenhum comentário: